Dr. Arany Tunes, CRO-SP 57366

Imprensa


Mau Hálito pode afetar até 70% da população :


Todos nós já tivemos a triste oportunidade de conversar com alguém que tem Mau hálito. A situação é muito desagradável, pois o cheiro que sai da boca de Quem tem este problema é muito ruim, o que nos provoca certa repulsa.

Pesquisas recentes mostram que no Brasil, é enorme a quantidade de Pessoas que tem halitose (nome científico do mau hálito).

A pesquisadora Olinda Tárzia, professora da USP de Bauru - uma das Melhores faculdades de odontologia do país -, concluiu que aproximadamente 30% da população (3 em cada 10 pessoas) têm mau hálito.

Dados ainda mais alarmantes foram conseguidos pela Dra. Ana Cristina Kolbe. Sua equipe pesquisou quase 7000 pessoas em Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo e chegou a números impressionantes. Na população de 12 a 65 anos, cerca de 40% das pessoas têm halitose. Acima dos 65 anos, quase 70% da população apresenta mau hálito. Esta última pesquisa está disponível na Internet. Quem quiser conferir, basta acessar o endereço www.kolbe.com.br/pesquisa.htm e ficar impressionado com os resultados.

Para chegar a estes resultados, os pesquisadores utilizaram um aparelho extremamente confiável, chamado Halimeter. Só para ter idéia da confiabilidade deste aparelho, a empresa que o fabrica é a mesma que oferece sensores para detecção de gases para a NASA, a agência espacial norte americana.

O mau hálito não é considerado uma doença e sim, um sinal de que algo de errado está ocorrendo no nosso organismo. Atualmente sabe-se que existem cerca de 60 causas diferentes para a halitose. Existe também tratamento específico para o problema, ou seja, o mau hálito tem cura.

É importante tratar, pois várias doenças graves, como o diabetes e a leucemia, produzem mau hálito. Então, é legal descobrir a causa, para eliminar a possibilidade de ser uma doença mais séria.

Outra informação interessante é que muita gente que tem mau hálito não sente o cheiro que vem da própria boca. Isto ocorre devido a um mecanismo que chamamos de fadiga olfatória. A pessoa se "acostuma" rapidamente com o cheiro e pára de sentir.

Já pensou, você pode ter mau hálito e não saber disso? A hipótese não é tão remota assim, afinal de contas, no mínimo 3 em cada 10 pessoas tem halitose, segundo as pesquisas que citamos.

Existem alguns sinais que podem aparecer em alguém que tem mau hálito.

Se tiver dúvidas, entre em contato conosco.

Alguns sites dão dicas sobre o assunto. É só buscar por halitose que você ficará mais informado sobre o assunto.

*Dr. Arany Tunes é Cirurgião-Dentista e atende casos de halitose em seu consultório


Quero receber mais informações

Voltar


Todos os direitos reservados Clínica Halit® - Desenvolvido por Guia-se

Dr. Arany Tunes é Cirurgião-Dentista, atende casos de halitose (mau hálito) e possui vasta experiência na área. A Clínica Halit oferece, desde a primeira consulta, o tratamento de combate ao mau hálito, e atua na indicação de remédio para mau hálito.
No tratamento do mau hálito, o paciente será sempre atendido com absoluto sigilo, discrição e competência no assunto. Atendemos casos de halitose nas clínicas em São Paulo, Campinas, Sorocaba, Indaiatuba e Piracicaba/SP.


Atende outras cidades da região: Americana, Artur Nogueira, Cosmópolis, Holambra, Hortolândia, Itatiba, Jaguariúna, Monte Mor, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré, Valinhos, Vinhedo, Piracicaba, Limeira, Capivari, Jundiaí.


Grande São Paulo e Região de Sorocaba: Santo André, São Bernardo, São Caetano do Sul, Diadema, Guarulhos, Itapecerica da Serra, Mogi das Cruzes, Sorocaba, Itapetininga, Tietê, Itu, Tatuí, Taboão da Serra, Jarinu, Alphaville, São Roque, Barueri, Jandira, Itapevi, Vargem Grande Paulista, Cotia, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Embu-Guaçu, Ribeirão Pires, Rio Grande da Serra, Poá, Ferraz de Vasconcelos, Suzano, Santa Isabel, Arujá, Mairiporã, Caieiras, Mauá, Itaquaquecetuba, Guararema, Salesópolis, Biritiba-Mirim, Cubatão, Pirapora do Bom Jesus, Sarapuí, São Miguel Arcanjo, Pilar do Sul, Tapiraí, Piedade Salto de Pirapora, Votorantim, Capela do Alto, Iperó, Tuiuti, Morungaba, Itatiba, Campo Limpo Paulista, Araçariguama, Cabreúva, Várzea Paulista, Itupeva, Louveira, Bom Jesus dos Perdões, Itu, Ibiúna, Nazaré Paulista, Piracaia, Joanópolis, Iperó, Capela do Alto, Atibaia, Porto Feliz, Capivari, Rafard, Guareí, Cesário Lange, Porangaba, Angatuba.


Outras regiões do país: Rio de Janeiro, Brasília, Goiânia.